quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Entre a Pressa e a Poesia
Trevisan
Composição: Trevisan

Ela me pede poesia
E eu peço paciência
Pressa não rima com flor
Nem lua rima com urgência
Ela não sabe esperar
E eu que me desespero
Ela só quer ouvir rima
E eu me perco nos versos

Ela me acha tão lelé
Que não lê
A poesia que eu dedico a escrever

É necessário ver poesia
No arroz com feijão
É Itamar Assumpção
É ficar bem isso sim...
São apenas meias palavras
Sem sentido
Que de tão sentidas
Se sentem obrigadas a serem citadas, recitadas.

Vai lá mas não lê
Vai lá mas não lê
Me acha tão lelé
Que vai lá mas não lê

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos