sexta-feira, 12 de junho de 2009

Vem! Me acarinha, me namora...

Claude_Theberge_The_Rain_Shower
                                            Claude Theberge

VEM
Rosany Costa

Vem! Antes que o tempo passe...
Que nós passemos,
E nos acostumemos!
E um belo dia, apenas constatemos...

Vem! Me acarinha, me namora...
Me diz que não houve demora;
Que pra quem ama não há hora,
Tempo, norma ou forma!

Vem! Afoga minha sede,
Aplaca minha urgência,
Bane essa complacência!

Vem! Compactua com meu desejo,
Que nas sombras se esgueira
E me faz quase implorar por teu beijo...

Vem sem mais demora...

Registro na BN 370.009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Michael_and_Inessa_Garmash_onthebridge
                  Michael and Inessa Garmash

TEMPO DE PARTIDA
Henrique Chaudon

Esparsos pelo vento
os dias, horas, pensamentos.
É tempo, eu sei, há muito, de partida.
Ir pelos jardins de sol e chuva
em procura paciente, silenciosa busca
entre musgo e saibro, espinho e flor.

Pois quem sabe o pó da estrada
nas sandálias gastas e feridas
não pede ao pão mais do que trigo
nem à paisagem alheia senão paz.

Porque é tempo, há muito, de partida
e nas pousadas dormem insensatos homens,
irei só, e já.
O vento que passou levando a vida,
a vida deixa esparsa no caminho.
Por isso eu vou.

E porque é tempo, há muito, de partida.
Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos