terça-feira, 15 de março de 2011

card_pedromiller

TORTURA
Florbela Espanca

Tirar de dentro do peito a Emoção,
A lúcida Verdade, o Sentimento!
- E ser, depois de vir do coração,
Um punhado de cinza esparso ao vento!...

Sonhar um verso de alto pensamento,
E puro como um ritmo de oração!
E ser, depois de vir do coração,
O pó, o nada, o sonho dum momento...

São assim ocos, rudes, os meus versos:
Rimas perdidas, vendavais dispersos,
Com que eu iludo os outros, com que minto!

Quem me dera encontrar o verso puro,
O verso altivo e forte, estranho e duro,
Que dissesse, a chorar, isso que sinto!

 

Mais de Florbela Espanca

trovas_adelmartavares

 

Mais de Adelmar Tavares

deusaeratodeusaeuterpedeusakaliopedeusapolimnia 
POEMA  e  POESIA

Qual a diferença entre os dois?

A POESIA é uma arte; um POEMA é uma técnica, um formato.  Apesar das pessoas muitas vezes não costumarem separá-las, costumarem confundi-las e apesar das duas fazerem parte do mesmo contexto, elas são coisas distintas.  Vamos começar falando da POESIA.

A palavra POESIA vem do latim Poesis e significa o ato de criar; costumamos chamá-la também de Arte Lírica.

A Poesia é a emoção na forma de palavra, é aquilo que se sente, colocado esteticamente no papel.  A Poesia é uma arte que não se preocupa  apenas com o significado, mas também com o ritmo,  com a sonoridade, com a interação entre as palavras, com o aspecto visual e, principalmente, com o efeito emocional que as palavras provocam nas pessoas.  Do ponto de vista da apresentação, a poesia pode vir na forma de poema, de prosa ou pela manifestação plástica de uma imagem, de um movimento harmônico, pela pintura ou na representação visual de uma escultura.

Não somente nessas coisas que falei aí!  Há gente que vá mais longe e diga que há Poesia também no sorriso de uma criança, nos olhos de uma pessoa apaixonada, num gesto de amor fraterno ou numa rosa de um jardim.  A poesia está sempre mais ligada à imaginação, à inspiração e à sensibilidade do que ao pensamento racional. Para o poeta espanhol García Lorca, " Todas as coisas têm seu mistério;  a poesia é o mistério que todas as coisas têm."

POESIA E MÚSICA

A Poesia está intimamente ligada à música! Nos idiomas anglo-saxões, por exemplo, a letra de uma música chama-se Lirics!   Aliás, a poesia surgiu ligada à música, pois no início ela não era recitada, mas era cantada numa união entre letra composta e som e ritmo da música. Com o passar dos tempos, houve uma espécie de separação técnica entre Poesia e Música.  A música passou a ser escrita em pautas e a poesia propriamente dita passou a ser escrita em versos e recitada. Depois, a poesia ganhou os seus próprios fundamentos e regras.  Só para te dar uma idéia do quanto Poesia e Música são próximas, a própria palavra Lirismo, também utilizada para designar a Poesia, vem do latim LIRA, o instrumento musical, que era muito usado para tocar as canções dos poetas da Grécia antiga e também na idade média pelos trovadores.

É uma das 7 Artes Clássicas:

1ª Arte – Música
2ª Arte – Dança
3ª Arte – Pintura
4ª Arte – Escultura
5ª Arte – Teatro
6ª Arte – Literatura ( Prosa e Poesia)
7ª Arte – Cinema

 

INSPIRAÇÃO, RECURSOS METAFÓRICOS, IMAGENS, SONS E CORES

Como se escreve Poesia para transmitir emoções e sensações, o poeta não se utiliza apenas do significado das palavras, mas se utiliza principalmente da maneira como as palavras se relacionam umas com as outras, da sonoridade e da musicalidade (daí a importância da rima), da cadência e do ritmo (daí a importância da métrica)  e do poder sugestivo da palavra (daí a importância da inspiração).  É fundamental que a poesia expressa nas palavras também tenha: brilho, emoção e beleza.

E O POEMA?

POEMA é simplesmente qualquer texto escrito em verso!   POEMA é a casca, o invólucro, é a roupa que a poesia resolveu usar naquela ocasião!  E existem vários tipos de POEMA:  o Soneto, a Ode, o Haikai, o Rondó, o Rondel, a Balada, as Décimas, a Quadrinha, etc.  São as formas, os veículos estéticos que usamos para expressar a poesia que criamos. Para ficar mais claro, vou te dar alguns exemplos que não podem ser tomados ao “pé da letra”, mas que servem aqui para o nosso melhor entendimento:

- Poesia é a essência, o poema é a forma.

- Poesia é a alma, o poema é o corpo.

- Poesia é o perfume que exala, o poema é o frasco que o guarda.

IMPORTANTE

A Poesia geralmente escolhe a gente e não ao contrário.  A gente tem que estar preparado para recebê-la, quando ela vier, se não ela passa e vai embora.  Podemos até “buscar” a Poesia e, pela prática que tenhamos de criá-la, forçar a nossa criatividade, a nossa imaginação e então produzi-la.  Mas isso será sempre um processo anti-natural.  Assim como existem músicos com um talento inexplicável, pintores geniais, atletas fenomenais e matemáticos super-dotados, também existem os Poetas, pessoas dotadas de um dom inato (mais ou menos forte) que pode ser aperfeiçoado.  Portanto, vale sim, motivar, incentivar, ensinar os preceitos da Poesia, mas lembre-se que esse também é um talento com o qual a gente nasce, ou não se nasce, com ele.

Elamer Neto

Leia o texto original >> AQUI

Saiba mais sobre as deusas da Mitologia Grega >> AQUI

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Carregando...

Perdi todos :'(

Arquivos