segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Que este Natal traga a Paz, o Amor, a Saúde, e flua como um doce poema de esperança!
natalavp
barrinha_1

JESUS,
VOCÊ ME ELEVA,
MEU SEMPRE AMIGO!


Presente >> AQUI

Quando estou para baixo, oh minha alma, tão cansada
Quando preocupações surgem e meu coração fica sobrecarregado
Então, eu me acalmo e espero aqui em silêncio
Até você vir e sentar-se por um instante comigo

Você me eleva, então eu posso ficar sobre as montanhas
Você me eleva, para andar sobre mares tempestuosos
E sou forte, quando estou sobre seus ombros
Você me eleva: Para mais do que eu posso ser

Você me eleva, então eu posso ficar sobre as montanhas
Você me eleva, para andar sobre mares tempestuosos
E sou forte, quando estou sobre seus ombros
Você me eleva: Para mais do que eu posso ser

Não há vida - não há vida sem este desejo
Cada batida do meu coração tão imperfeito
Quando você chega e eu me espanto
Às vezes, eu acho ter vislumbrado a eternidade

Você me eleva, então eu posso ficar sobre as montanhas
Você me eleva, para andar sobre mares tempestuosos
E sou forte, quando estou sobre seus ombros
Você me eleva: Para mais do que eu posso ser

Você me eleva, então eu posso ficar sobre as montanhas
Você me eleva, para andar sobre mares tempestuosos
E sou forte, quando estou sobre seus ombros
Você me eleva: Para mais do que eu posso ser.

barrinha_1 

Créditos:
Cartão: Simone Enlou
Música: You Raise Me Up
Composição: Brendan Graham / Rolf Lovland
Intérprete: Celtic Woman
Vídeo:
Youtube


Letra Original

When I am down and, oh my soul, so weary;
When troubles come and my heart burdened be;
Then, I am still and wait here in the silence,
Until you come and sit awhile with me.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

There is no life - no life without its hunger;
Each restless heart beats so imperfectly;
But when you come and I am filled with wonder,
Sometimes, I think I glimpse eternity.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

You raise me up, so I can stand on mountains;
You raise me up, to walk on stormy seas;
I am strong, when I am on your shoulders;
You raise me up: To more than I can be.

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Carregando...

Perdi todos :'(

Arquivos