sábado, 19 de março de 2011

A LIÇÃO
Guilherme de Almeida


Pelos remendos do meu manto pobre,
pela moeda de cobre,
pela côdea de pão,

conhecerás o mundo que não cabe
nos livros, e não sabe
sair do coração.

Nos remendos terás um mapa-múndi:
a carta que nos funde,
que do homem faz o irmão;

o cobre há de dizer, mais que a palavra,
que o bem não se azinhavra
se vai de mão em mão;

a côdea mostrará que a crosta dura
da terra é uma fartura
para os que têm e dão.

Pelos remendos do meu manto pobre,
pela moeda de cobre,
pela côdea de pão,

conhecerás o mundo que não cabe
nos livros, e não sabe
sair do coração.

 
Imagem: pintura de Jim Warren
Sobre  Guilherme de Almeida

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos