quinta-feira, 9 de maio de 2013

Daniel F. Gerhartz

NO AMANHECER DE TI
Mário Domingos

No amanhecer de ti cabem
todas as janelas
porque és a dimensão
onde as viagens são possíveis
e deixas uma sombra
de castelo encantado
na meia luz das salas
onde o teu corpo passa
da-me a tua mão
e veste-me de ti
quero partir sem medo
quero partir sem mágoa
na estrada dos teus olhos
onde as pedras são de água

separador20

© Mário Domingos
In O despertar dos verbos, 2011

Imagem: Daniel F. Gerhartz

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos