terça-feira, 26 de janeiro de 2016
Arte: Antonietta Varallo


NESTE DIA DE MAR E NEVOEIRO
Sophia de Mello Breyner Andresen



Neste dia de mar e nevoeiro
É tão próximo o teu rosto

São os longos horizontes
Os ritmos soltos dos ventos
E aquelas aves
Que desde o princípio das estações
Fizeram ninhos e emigraram
Para que num dia inverso tu as visses

Aquelas aves que tinham
uma memória eterna do teu rosto
E voam sempre dentro do teu sonho
Como se o teu olhar as sustentasse

[separador49%255B3%255D.gif]

© SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN
In Coral, 1950

Mais da autora: Sophia de Mello Breyner Andresen

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos