sexta-feira, 4 de setembro de 2009


Até Quem Sabe?
Intérprete: Leila Pinheiro
Comp.: João Donato e Lysias Enio

até um dia até talvez
até quem sabe?
até voce sem fantasia
sem mais saudade

agora a gente tão derrepente
nem mais se entende
nem mais pretende
seguir fugindo
seguir-se rindo

agora vou pra onde for
sem mais voce
sem me querer
sem nem mesmo ser
sem entender

vou me beber, vou me perder pela cidade
até um dia, até talvez... até quem sabe?

a_pipa_Robert Portoqua
                                             Robert Portoqua*
CONVITE
José Paulo Paes

Poesia
é brincar com palavras
como se brinca
com bola, papagaio, pião.

Só que
bola, papagaio, pião
de tanto brincar
se gastam.

As palavras não:
quanto mais se brinca
com elas
mais novas ficam.

Como a água do rio
que é água sempre nova.

Como cada dia
que é sempre um novo dia.

Vamos brincar de poesia?




José Paulo Paes nasceu em Taquaritinga SP, em 1926.
Toda sua obra poética foi reunida, em 1986, sob o título Um por todos.
Em 1987 dirigiu uma oficina de tradução de poesia na UNICAMP. Faleceu no dia 09.10.1998

* imagem: Robert Portoquá
sob licença
Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Pergunte-me

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos