terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Do rio que tudo arrasta se
diz que é violento
Mas ninguém diz violentas as
margens que o comprimem.

                                                       BERTOLD BRECHT

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos