sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

image
                                 imagem sem identicação de autoria

SILÊNCIO AMOROSO I
Affonso Romano de Sant'Anna

Deixa que eu te ame em silêncio
Não pergunte, não se explique, deixe
que nossas línguas se toquem, e as bocas
e a pele
falem seus líquidos desejos.

Deixa que eu te ame sem palavras
a não ser aquelas que na lembrança ficarão
pulsando para sempre
como se o amor e a vida
fosse um discurso
de impronunciáveis emoções.

 
Leia mais Affonso Romano de Sant’Anna
na VOZ DA POESIA

8 comentários:

Joicinha disse...

Querida Rute, como diz o poema estou sem palavras pra tanta sensibilidade e verdade.

Pra que palavras se podemos nos unir e assim sentir um ao outro?!! Não é mesmo?!!! Amor a gente sente, vem da alma e isso não temos como negar. Apenas sentimos e completamos.

JORNALISMO ANTENADO disse...

Oi querida Rute, ahhh o amor..sentimento tão bonito e às vezes tão complicado de sentir ...
ele é o único dos sentimentos que independe do outro para existir ,quantas vezes não amamos em silêncio e quantas vezes não dizemos eu te amo através de olhares ,gestos ou nosso simples silêncio deixando que a pessoa amada seja feliz .... ah o amor... o mais doce e agoniante sentimento que o ser humano busca por toda a eternidade.

Lindo post minha amiga, belíssima escolha de poema.

Beijos no coração.
Márcia Canêdo

Fernandez disse...

Olá querida amiga Rute!
Adorei o poema. Muito lindo e que transborda sentimentos de amor e paixão.
Beijo no coração, Fernandez.

Leila disse...

Serenissima!!

Descobri que seu nome é Rute! rs Adorei a poesia.

bjs

LISON disse...

Saudações!
Que Post Fantástico!
Amiga RUTE, estou muito feliz que agora descobri o seu nome. E por sinal, o seu nome é o mesmo de minha irmãzinha.
Amiga, essa é mais uma linda Poesia que você nos traz para confortar o espírito, e como se percebe, é à força do amor que bem do silêncio.
Parabéns por mais um magnífico Post!
Contagiou. Mexeu. Valeu.
Abraços,
LISON,

LISON disse...

Saudações!
Que Post Fantástico!
Amiga RUTE, estou muito feliz que agora descobri o seu nome. E por sinal, o seu nome é o mesmo de minha irmãzinha.
Amiga, essa é mais uma linda Poesia que você nos traz para confortar o espírito, e como ficou registrado, é à força do amor que vem do silêncio.
Parabéns por mais um magnífico Post!
Contagiou. Mexeu. Valeu.
Abraços,
LISON,

Sou Mulher ... disse...

Olá Rute!
Que belo poema! O silencio é precioso, em alguns momentos.
abraço, Vera.

Eninha disse...

Liiiinda!
Eninha

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos