sexta-feira, 11 de março de 2011
mulher_entardecer

PARA ALÉM DO CÉU
Abgar Renault


Teu dúbio ardor de lâmina de espada
caminha em nós e dói gratuitamente
nesta pobreza de almas escarpadas,
e seus golpes sepulta em nossa mente,

e planta em cada mão uma semente
de abismos, cores, números e nada,
e abre em fitas de sóis altas estradas
em que baixam do céu circunferente

as tuas perspectivas de destino;
solta cisnes e pombos de tristeza,
e seca o vinho de mordidas uvas,

e esconde os teus escassos violinos
de crepúsculo e tácitas certezas
numa dilacerada voz de chuva.

Saiba mais de Abgar Renault >> AQUI
Imagem da Internet by Google

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos