domingo, 25 de janeiro de 2009

maysa_qdo_fla_cor

Maysa era uma mulher fascinante que não aceitava que lhe colocassem rédeas. Com coragem, desafiou os padrões sociais de uma época e fez história. Enfrentou oposições e críticas, em nome de um sonho: o de expor sua arte, de cantar e encantar platéias com sua música.

Educada em regime de internato em colégio de freiras, Maysa contestava os limites e regras desde pequena. Aos 13, já se maquiava. Na adolescência, causava polêmica ao usar calças compridas e fumar na rua. Nessa época, suas composições ainda ficavam restritas aos diários e anotações íntimas. Cantava apenas em casa, nas muitas festas que seus pais, Inah e Monja , ofereciam.

Aos 17 anos, Maysa casou-se com o bilionário André Matarazzo, um poderoso empresário da indústria brasileira e um homem quase 20 anos mais velho que ela. Com ele, teve seu único filho: Jayme Monjardim Matarazzo. Após alguns anos, ocorreu o divórcio.

Maysa morreu prematuramente em um acidente de carro na ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro, aos 40 anos, no dia 22 de janeiro de 1977. Muitos são os rumores que surgiram em torno do acidente, mas a verdade é que sua morte foi uma fatalidade.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

Poética

Poesias

Poetas

Vídeos

A Voz aqui

Me leva!

A Poética dos Amigos

Google+

Feed

Posts Coments

Receber postagens por E-mail

Perdi todos :'(

Arquivos